sábado, 23 de setembro de 2006

Teoria da consciência e vibração energética (simplificada)

Esta teoria da consciência com que vos deixo agora, é resultado da unificação de todas as visões teórico/práticas que adquiri através da via ciêntifica e espiritual, durante a grande viagem de consciência que é a minha vida.
Quero acrescentar ainda, que é uma visão muito pessoal da vida, baseada na minha consciência actual, e que serve somente para se debater o assunto.

Esta visão teórica começa de cima para baixo (tal e qual como foram criadas as realidades multidimensionais), de um elevado grau vibracional para o mais baixo (muito próximo da realidade em que habitamos).

Sabendo, pelas vias acima mencionadas, que somos todos compostos de energia, que se agita a uma determinada vibração e que podemos acelerar ou desacelerar essa mesma vibração, consoante o nosso estado psicológico e emocional, acedendo a realidades que vibram em valores energéticos superiores aos nossos aqui da 3ª Dimensão, e tendo em conta que cada patamar de energia vibra 1.000 vezes acima do inferior, comecamos esta viagem.
(Este assunto pode gerar alguma polémica mas só falando nele, se pode chegar à verdade.)


Espaço-Tempo:

Imaginem um ponto. Um simples ponto distante que está ali, limitado e confinado àquela forma redonda da qual, se consegue vislumbrar toda a sua orla e conteúdo.
Agora imaginem que se aproximam desse ponto, mais e mais... o suficiente para ocupar toda a visão à vossa frente. Mas não se fiquem por aí, continuem a aproximar-se... notam alguma diferença?
Agora há um elemento novo a considerar. Espaço.
Relembrem onde estavam antes de tudo começar. No início, o que era apenas um ponto que se via na sua totalidade, agora é algo bem próximo e com espaço... muito espaço.
Observem à vossa volta e imaginem-se a deslocarem-se nesse ponto, de um lado para o outro. Somos nós que nos deslocamos dentro desse ponto...de um lado, para o outro.
Isto foi apenas uma metáfora para o que considero ser Espaço-Tempo.
Nós somos seres atemporais, a nossa essência está lá (Eu Superior), onde a vibração é tão grande que não existe Espaço-Tempo. Está onde se pode vislumbrar o ponto e olhar para toda a sua existência dentro dele. As várias realidades que habita e conectar-se com elas a todo o momento.
Assim considero o Espaço-Tempo. Uma gradual desaceleração da vibração energética, que nos altera a percepção da realidade à nossa volta, desde a nossa essência (Eu Superior), até ao nosso "Eu" consciente aqui na terra.

Importante: Porque o tempo passa mais depressa quando estamos felizes?

Nós somos Seres de Luz, a vibrar nas mais altas esferas energéticas (Eu Superior), mas a aprender a criar nas mais baixas (Eu Consciente).
Quando estás feliz, automaticamente aceleras a tua vibração energética, estreitando a tua ligação com o teu "Eu Superior", acedendo assim naquele instante, a uma vibração mais próxima da tua essência, acelerando a percepção da realidade à tua volta (Tempo). O caminho de regresso a casa...


Consciência e Realidade:

Será que quando em alguma situação das vossas vidas, têm de escolher, têm mesmo de escolher? ou estará já escolhido?

"O período mais longo que uma pessoa já conseguiu ficar sem dormir foi de aproximadamente doze dias." - Wikipédia. O que me parece um pouco intrigante, ora vejamos:

- Na página de onde foi extraída essa frase, relata os vários estágios do sono. O mais intrigante é o 4ª estágio, onde a pessoa dorme profundamento por 40 minutos.
"São quarenta minutos de sono profundo. É muito difícil acordar alguem nessa fase de sono." - Wikipédia.

- Durante o sono e os seus estágios, este ainda se multiplica em ciclos. Tantos quantos o número de horas dormidas, como podem ver na descrição seguinte:
"Um ciclo do sono dura cerca de 90 minutos, ocorrendo quatro a cinco ciclos de sono num período de sono nocturno. Segundo LAVIE (1998, 45), o número de ciclos
por noite depende do tempo do sono, acrescentando, ainda, que “o sono de uma pessoa jovem é, habitualmente, composto por quatro ou cinco desses ciclos, enquanto o de uma pessoa mais velha terá menos”. Daí podemos deduzir que o número de ciclos por noite num indivíduo depende de factores como a idade, sendo, no entanto, o padrão comum entre quatro a cinco ciclos." - Wikipédia.

- Está descrito por várias fontes que todas as noites o nosso Corpo Astral se desprende do Corpo Físico, podendo ficar apenas a pairar sobre o mesmo, ou fazer grandes viagens astrais.
Como foi dito no início, cada patamar de energia vibra 1.000 vezes mais que o inferior. Sabendo que o Corpo Astral vibra na 4ª Dimensão, (logo 1.000 vezes mais), e que
é provável que seja durante o 4ª estágio do sono que se desprende (que dura 40 minutos), a percepção da realidade consciêncial que o Corpo Astral tem é de 40 min + 1.000 (vibração energética).
Logo, pelos simples cálculos que efectuei, a duração de cada viagem astral pode durar até 17h33min pela percepção da realidade do Corpo Astral. Somando ainda o facto de termos
4 ou 5 ciclos de Projecção Astral por noite, imaginem o que dá para criar durante este periodo de tempo. ex: (4 Cliclos = 69h33min).

E chegámos ao final da viagem. E como cada final de viagem que se prese, tem sempre a cereja em cima do bolo, aqui vos deixo com o pensamento final:

O que fazemos durante estas 69h33min por noite? Lembram-se da primeira frase? "O período mais longo que uma pessoa já conseguiu ficar sem dormir foi de aproximadamente doze dias." Visto que estamos aqui na terra para viver a experiência na matéria, estaremos nós a viver (acordados) o que escolhemos criar para as nossas vidas durante as projecções astrais, e lá, é que criamos o mundo à nossa volta?
Será que se não dormirmos durante 12 dias, deixamos de ter criação que sustente a realidade física? Será a vida como um daqueles livros em que podes escolher o final à medida que vais criando?
Vimos com um objectivo traçado mas só se nos projectarmos nos Astral, plasmando a realidade à medida que vamos andando, a nossa existência fisica é sustentável?

Esta e outras perguntas podem ser respondidas compreendendo bem o potêncial dos nossos chacras.
Estando eles devidamente energizados, equilibrados e limpos, permitirão a sustentabilidade do corpo físico 24h por dia acordado?

Como diz Jesus:"Voçês acham que são o que pensam. E voçês não são o que pensam. Voçês são o que sentem" - Jesus.
Se durante a tua vida, durante a situação de uma escolha, se optares por sentir o que o teu coração diz, e te sentires feliz com uma opção e não com outra, por pouco lógico que te pareca, não achas que já
tomaste a tua decisão anteriormente e que estás agora apenas a deixar o trabalho que fizeste nos planos astrais se concretize, por isso te sentes feliz, por estares a cumprir o teu objectivo?
Contudo não penses nesta teoria como minimalista, pois és sempre tu que escolhes. Apenas não acordado. Escolhes num patamar energético superior, logo, mais sábio das tuas escolhas. Apesar de não teres consciência disso.

Pois bem, com grande alegria me despeço de vós. Foi um fantástico percurso até chegar a todas estas perguntas e vos deixar agora com mais uma maneira diferente de ver a realidade em que vivemos.
E por todo este caminho que percorri até aqui chegar, é com todo o meu coração que agradeço a todos estes seres maravilhosos:
Aos meus Guias, ao meu Eu Superior, a Meste Jesus-Sananda, a Saint. Germain, a Mãe Maria, Mestre Adama, Mestre Mikos, Asthar Sheran, Shtareer, Kryon, Arcanjo Lúcifer, à minha equipe espiritual de Sírios, Devas, Elohims, Elementais da Natureza, Anjos e Arcanjos e a todos os Seres de Luz que estão ligados ao meu coração e a este belo planeta e que nos ajudam a espandir a consciência.

Os meus mais sinceros agradecimentos também a todos os Seres de Luz Encarnados: À minha familia, amigos, todos os humanos que cruzam a minha vida e me ajudam a crescer, a Alexandra Solnado, Rodrigo Romo, Hélène Abiassi, João Carlos Paliteiro, Vitorino de Sousa, Vera Ghimel, Dianne Robbins, Aurelia Louise Jones, António Rosa, e a todos que trabalham em conjunto com estes e outros humanos encantados que nos ajudam a atravessar esta mudança interna que passamos.
Muita Luz, paz, Amor e Harmonia a todos. Bem Hajam.

Muito Obrigado :)

P.S. - Para melhor compreensão da teoria apresentada, é aconselhável a consulta de vários livros que podem encontrar na Editora Angelorum-Novalis, dos Autores Encarnados acima mencionados, entre muitos outros.

9 comentários:

António Rosa disse...

Muito bom.

Apolinia disse...

Bom dia!
Vi que fizeste um comentário no meu espaço virtual, mas como vinha anónimo, o suporte do blog não aceita publicar.
Isto porque configurei os comentários só para quem está registado na blogosfera para evitar o spam e outras brincadeiras. :-))
Crê seres muito bem vindo ao Cálice para comentar tudo o que entenderes.

Pelo meu lado, vou acompanhar com muita atenção o que escreves, não só por me interessarem muitíssimo os temas que abordas, mas por estarmos relativamente perto em termos geográficos, afinal nem só na capital se encontra quem escreva acima do senso comum.

Pormenor essencial: dou muita importância aos sincronismos.
Permanece em paz.

Olga Correia disse...

Descobri hoje o teu blog.
Fiquei encantada. Vou voltar muitas vezes...
:)

João Castro disse...

Olá! :)
Vim agradecer-vos pelos vossos comentários e palavras amigas.
Apolinia, nem registado consigo comentar no teu espaço. Parece ser avaria do sistema. Quando estiver OK, lá deixarei a minha marca :)
Olga, gostei muito do teu blog. Também ele vai ter aqui um cantinho de acesso directo.
Muito Obrigado a todos pelas vossas opiniões. :)

Ana Paula Ivo disse...

Fomos apresentados, através de um Amigo Comum, o António Rosa do Anjo Dourado.

Assim, deixo-lhe ficar o meu primeiro Abraço de Luz, em forma de um enorme prazer em conhecer este seu sitio.

Ana Paula Ivo

António Rosa disse...

Sinto o anel do coração crescer. Que bom, ter-vos apresentado.

João, estranho isso no sítio da Apolínea. Nunca tive problemas. Aquela casa é linda, não achas?

Um abraço

Olga Correia disse...

Muito obrigada. É muita simpatia. Sinto-me honrada.
:)

João Castro disse...

É verdade amigo António, é um cantinho bem acolhedor :)
Quase não posso opinar em lado algum eheh
Fiz um comentário no sitio da Olga e também não deu. Decerto, o problema será resolvido em breve :)

Ana Paula Ivo, é uma honra recebe-la aqui neste espaço :) Apreciei imenso a sua palestra no dia 6 de maio em Lisboa e gostava de lhe dizer que agradeco com todo o meu coração o grande trabalho que tem feito. Unir conhecimento terreno com espiritual e transmiti-lo a todos é uma grande tarefa e merece o nosso apoio. Muito Obrigado :)

Teoria Astral disse...

Tenhamos pois em atenção que o círculo é uma figura geométrica bidimensional teórica, e que não existe na realidade. O que existe sim é a esfera, sendo o círculo a projecção ou a sombra da esfera.
Convém desde já que consideremos o IOD como um ponto tridimensional, uma esfera, para que não se instale em nossa mente uma perspectiva errada e redutora. O homem não conhece sólido mais regular e harmonioso do que a esfera. Se considerarmos diversos pontos na superfície da esfera, todos eles estarão equidistantes do centro, o mesmo acontecendo com qualquer outro ponto no interior ou exterior dessa esfera qualquer que seja a dimensão da esfera considerada.