quarta-feira, 25 de outubro de 2006

O Poder da Aceitação

Esta é uma força incrível que o homem tem dentro de si: aceitação, o único estado que lhe permite compreender as experiências pelas quais está passando.

Venho hoje lhes falar a respeito da aceitação. Muitos entre vocês não compreendem a palavra aceitação. Aceitar o outro, aceitar a si mesmo, aceitar as suas dificuldades, aceitar a sua impotência, muitas vezes, parece coisa para fracos. Num mundo de disputas, de ego exaltado, muitas vezes, falamos aqui, que escolhemos os mansos.

Porque escolhemos os mansos? Porque os mansos compreendem o valor da aceitação.

É preciso tanto aceitar a vitória quanto a derrota, é preciso tanto aceitar os dias bons - em que realizamos os nossos sonhos - como também os dias em que lamentamos nossas perdas.

Aceitação, meus filhos, é a compreensão das pedras do caminho. Aceitação, meus filhos, é a capacidade de se levantar em qualquer momento de depressão, de dor, de mágoa, de lamentação.

A aceitação é uma força incrível que o homem tem dentro de si. A aceitação é o único estado que permite que as pessoas compreendam as experiências pelas quais estão passando.

A aceitação é o estado de consciência que leva você à fé. A aceitação é a fé em ação.

Porque quando eu aceito o destino que me é colocado, eu tenho fé. Eu tenho fé porque eu sei que aquilo que estou vivendo é o melhor para mim. E se eu aceito o que eu vivo, se eu aceito o meu momento, eu relaxo, e tranqüilizo meu coração. E, agindo assim, possibilito que as forças do bem, as poderosas forças do bem, ajam a meu favor.

Lembrem-se a aceitação é azul, é uma energia interligada à fé.
A aceitação, eu diria a vocês, meus filhos, é o caminho para se ter fé, é o caminho para se ter equilíbrio. E eu não quero aqui um bando de tolos, que acreditem que não podem mudar suas vidas, que devem aceitar viver com pouco, porque assim pensando, estão equivocados. Porque aceitação é o fôlego, a respiração, é aquilo que faz os homens crescerem.

Aceitem sim as experiências, e quando tiverem aceitado as experiências poderão crescer com elas. Poderão subir nas pedras e ver o horizonte, poderão apreciar o caminho porque terão paz dentro de si.

A aceitação é uma força que o homem desconhece - porque, infelizmente, vocês encarnados estão muito aptos a lutar, muito aptos a esbravejar, e brigar pelos seus direitos - e eu lhes digo, ninguém briga por aquilo que é direito. Porque quando algo é seu, quando algo por direito lhe pertence, o Universo lhe dará. Não há perdas, não há roubo, não há sofrimento, não há dor e não há mágoas.

Compreendam e pratiquem, meus amados filhos, o poder da aceitação.
Eu Sou El Morya, e venho lhes falar em nome da minha Chama Azul e do poder que cada um tem dentro de si. O poder de acreditar em si mesmo, de crescer sobre suas dificuldades, e aceitar sua humanidade.

Canal: Maria Silvia Pacini Orlovas

Fonte: Via Luz

7 comentários:

Anónimo disse...

Agradeço-te por teres postado esta mensagem, João.

Um abraço
Olá, Senhor El Morya!

MARia

Magda Moita disse...

Estou em mudanças internas dentro de meu blogue "Fuzil Cósmico", que a partir de agora tem este endereço: http://fogodelys.blogspot.com. Peço que mudes o endereço no meu linque que tão amavelmente fizeste no teu blogue. Beijinhos, Magda.

António Rosa disse...

Lembrei-me disto:

No meu blogue, na lista "Anel do Coração" já constam os 3 blogues criados pelo André Louro de Almeida. É só procurar pelo primeiro nome dele.

Peço desculpa de ter a presunção de passar esta informação.

Olga Correia disse...

Texto fantástico. E como eu estava mesmo a precisar de o ler agora...
:)

Ana Patudos disse...

Olá amigo.
Realmente não há coincidências! Nada acontece por acaso.
Todos os temas aqui escritos me dizem muito. Faço parte do grupo de luz da Alexandra Solnado e é fantástico!

Gostaria de convidar a visitar o meu pequeno espaço que fica em :
www.pauldospatudos.blogspot.com
abraço de alma
Ana Paula

Marjorit Gouveia disse...

Muito obrigada!!

Sabrina Borges disse...

Grata!