sábado, 9 de fevereiro de 2008

Brilha... Apenas Brilha



Eles chamam para a nossa última dança?
Eu vejo em teus olhos. Em teus olhos...
Os mesmos velhos movimentos para um novo romance
Eu poderia usar as mesmas velhas mentiras, mas eu cantarei

Brilha, apenas brilha!
Fecha os teus olhos e todos eles terão ido embora
Eles podem gritar e gritar que têm sido deitados fora
Mas pagaram pela nuvem em que nós estamos a dançar

Brilha, apenas brilha!
Com teu sorriso apenas tão brilhante quanto o sol
Porque todos eles são apenas escravos dos deuses que criaram
Mas tu e eu apenas brilhamos
Apenas brilhamos

E quando o silêncio cumprimentar o meu último adeus
As palavras que eu preciso estão em teus olhos, e eu cantarei


Eterno movimento a dois

2 comentários:

Onda Encantada disse...

*sorrio*
Vivendo cada momento...
como se fosse a última dança...

Vive querido João... vive sempre... não interessa amanhã...

Abraço muito apertadinho no teu coração

Onda Encantada

Marina disse...

eterno movimento a dois... pois, nesta altura deveria ser...